Principais Orientações

O Conselho Universitário (Consu/UFRRJ) aprovou as “Diretrizes para o plano de retomada de atividades administrativas e acadêmicas” na Universidade, após sua 370ª Reunião Ordinária, realizada em 31 de agosto, por meio da Deliberação 121 2020 – SAOC (retificada pela Deliberação 126 2020 – SAOC).

O objetivo do plano é adotar medidas voltadas para ações de prevenção, minimização ou eliminação de riscos inerentes às atividades administrativas e acadêmicas presenciais da instituição, que podem comprometer a saúde dos servidores e estudantes, decorrente da infecção por coronavírus.

As fases de retomada das atividades presenciais na UFRRJ foram divididas em quatro bandeiras e tiveram por base indicadores epidemiológicos divulgados pelas comunidades científicas. Vale ressaltar que ainda estamos na bandeira vermelha, nível 4 (lockdown total). Qualquer alteração no futuro será amplamente debatida pelo Comitê e divulgada nos canais de comunicação da UFRRJ. As bandeiras são as seguintes:

Vermelha:  Nível 4 (LOCKDOWN TOTAL), que indica RISCO GRAVÍSSIMO, afastamento social total com funcionamento das atividades essenciais;

Amarela:  Nível 3, que indica situação de ATENÇÃO MÁXIMA, sendo mantidas as determinações constantes na bandeira Vermelha e respectivas modificações;

Verde:  Nível 2, que indica situação de ATENÇÃO MODERADA, sendo mantidas as determinações constantes na bandeira Amarela e respectivas modificações;

Branca: Nível 1, que indica situação de ATENÇÃO, permanecendo mantidas as determinações constantes na bandeira Verde e respectivas modificações.

As sugestões das mudanças de bandeiras serão baseadas em indicadores epidemiológicos estaduais e dos municípios em que se encontram os câmpus da UFRRJ. Os parâmetros utilizados para sugestão de mudança de bandeira serão baseados nos dados disponíveis no Sistema Monitora Covid-19 (Fiocruz), dadoscovid19 (UFRJ) e Secretarias Municipais e Estadual de Saúde do Rio de Janeiro, em consonância com as orientações divulgadas pela Organização Mundial de Saúde.

A Administração Central da UFRRJ, com antecedência, encaminhará ao Consu a sugestão do Comitê de Acompanhamento do Novo Coronavírus na UFRRJ para mudança de bandeira, devidamente fundamentada com base em indicadores epidemiológicos, para que seja discutida a sugestão de mudança. Qualquer decisão tomada pelo Consu será informada à comunidade universitária com a publicação de um comunicado oficial nos meios de comunicação da UFRRJ.

No documento contendo as diretrizes para o plano de retomada de atividades administrativas e acadêmicas da UFRRJ encontram-se, em detalhes, os protocolos específicos para os seguintes setores e atividades, conforme os níveis e mudanças de bandeira:

  1. Entrada de veículos de transporte público no câmpus Seropédica;
  2. Banheiros coletivos;
  3. Deslocamentos (a pé, de carona, de carro, de bicicleta) no câmpus;
  4. Festas e confraternização ao ar livre;
  5. Lazer nas áreas abertas;
  6. Restaurantes Universitários;
  7. Salas de estudo;
  8. Bibliotecas;
  9. Ambientes de auditórios e anfiteatros;
  10. Laboratórios de informática e apoio às atividades de ensino;
  11. Ginásios e parque aquático;
  12. Quadras poliesportivas para atividades externas;
  13. Divisão de Saúde;
  14. Divisão de Guarda e Vigilância;
  15. Transporte em ônibus circular da UFRRJ;
  16. Deslocamento em veículos de transporte de passageiros de pequeno porte da instituição;
  17. Aulas de campo e visitas técnicas;
  18. Alojamentos universitários;
  19. Ambiente de sala de aula teórica;
  20. Ambiente de sala de aula prática e laboratórios;
  21. Ambientes de pesquisa internos e externos aos câmpus da UFRRJ;
  22. Ambientes organizacionais administrativos e locais de atendimento ao público;
  23. Salas e ambientes compartilhados pelos docentes;
  24. Hospital Veterinário;
  25. Atividades de fiscalização de obras.

As diretrizes contidas no documento foram elaboradas pelo grupo de trabalho Comitê de Acompanhamento do Novo Coronavírus na UFRRJ, composto por membros do Gabinete da Reitoria, Progep/Coordenação de Atenção à Saúde e Segurança do Trabalho,  Prefeitura  Universitária/Divisão  de  Saúde,  Direções  de  câmpus,  Pró-Reitoria  de Graduação,  Pró-Reitoria  de  Assuntos  Estudantis  e  do  Departamento  de  Epidemiologia  e Saúde Pública do Instituto de Veterinária.

Para acessar o documento na íntegra, clique em “Diretrizes para o plano de retomada de atividades administrativas e acadêmicas”.

Para orientar os estudantes da UFRRJ, a Coordenadoria de Comunicação Social organizou um guia com informações sobre a realização dos Estudos Continuados Emergenciais.  A principal referência para o apanhado de respostas apresentadas nesta publicação é a deliberação 90/2020, de 30/7, que normatiza as ações acadêmicas para o período emergencial. O documento completo pode ser acessado aqui.

 

Como foi a construção do documento que orienta os Estudos Continuados Emergenciais na UFRRJ?

O processo de elaboração do plano para os Estudos Continuados Emergenciais (ECEs) na UFRRJ começou em 14 de maio com a constituição de quatro grupos de trabalho compostos por mais de 100 representantes da comunidade universitária (discentes, técnicos e professores). Após a formulação da proposta inicial pelos grupos, o documento foi submetido à avaliação e contribuição dos conselhos dos Institutos e dos conselhos superiores. Posteriormente, com nova versão após alterações realizadas na etapa anterior, a proposta de deliberação foi levada à avaliação pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão e, finalmente, pelo Conselho Universitário, em 30 de julho, quando ocorreu a aprovação das normas e orientações para os ECE na Universidade.

Todas as etapas foram registradas em publicação  disponível no portal de notícias.

 

Quando começam e terminam as aulas dos Estudos Continuados Emergenciais na UFRRJ?

O período nomeado 2020.5 está previsto para começar em 14/9 e terminar em 12/12.

Em 7 de agosto, a Reitoria aprovou ad referendum o calendário para o período letivo excepcional. Durante a primeira semana do mês, a proposta de cronograma havia sido apresentada pela Pró-Reitoria de Graduação em reuniões realizadas nos dias 5 e 6 com os coordenadores de curso, chefes de departamento e diretores dos Institutos.

 

Quando começa a matrícula para o 2020.5?

matrícula será de 24 a 26 de agosto (matrícula online no SIGAA). De 30/8 a 2/9, será a matrícula extraordinária (nas vagas que sobraram nas turmas).

 

Qual é o objetivo do período letivo excepcional na UFRRJ?

A adoção do período letivo excepcional objetiva, prioritariamente, possibilitar a integralização do curso aos formandos dos diferentes segmentos – do ensino médio (Colégio Técnico da UFRRJ) à pós-graduação – bem como ações de acolhimento e integração aos ingressantes dos diferentes cursos da UFRRJ.

 

É obrigatória a participação dos estudantes no ensino remoto?

É livre a adesão do discente ao período emergencial, inclusive com possibilidade de trancamento a qualquer momento do período letivo excepcional.

 

Quem pode se matricular nas disciplinas e atividades acadêmicas ofertadas?

A prioridade será dos formandos com expectativa de conclusão de curso, precisando de até oito componentes curriculares para integralização, incluindo Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), monografia, Nepes e estágios.

Discentes de início e meio de curso (não formandos) também poderão se matricular em componentes curriculares ofertados (até mesmo em disciplinas voltadas para formandos, desde que existam vagas ociosas). Para isso devem observar as orientações emitidas pela coordenação do seu curso e pelos departamentos responsáveis pela oferta de disciplinas e atividades.

 

Se o aluno trancar matrícula em disciplinas durante o período excepcional, o que acontece com a contabilização do prazo para conclusão?

O período emergencial não será contabilizado ao prazo máximo de conclusão de curso, de modo a não penalizar os discentes que não aderirem ao período letivo excepcional ou que eventualmente venham a tranca-lo em meio à sua ocorrência.

 

Quem decidirá os componentes curriculares que serão ofertados?

O colegiado de cada curso e os departamentos acadêmicos a partir de levantamento feito pelas coordenações junto aos formandos e demais estudantes.

 

O estudante que se matriculou em 2020.1 em determinada disciplina, precisa se matricular de novo, se a disciplina for ofertada no período excepcional ou vale a matrícula anterior?

Precisa fazer nova matrícula, caso seja de interesse do estudante cursar o componente curricular no período letivo excepcional.

 

Como ficam os componentes curriculares que apresentem carga horária prática, em que a ministração remota é vedada?

Exclusivamente aos formandos de cursos em que a oferta remota de atividades em ambiente laboratorial é vedada por legislação profissional, a deliberação dos Estudos Continuados Emergenciais apresenta proposta de ministração diferenciada em modo presencial. No entanto, o planejamento de aulas presenciais só poderá ser executado após a anuência do Comitê designado para a adoção de medidas de enfrentamento da Pandemia de Covid-19 no âmbito da UFRRJ.

 

Como será o apoio à inclusão digital dos estudantes?

Será oferecido auxílio digital aos estudantes que comprovarem vulnerabilidade econômica, dentro dos parâmetros estabelecidos no Edital Proaes 1/2020. Saiba mais, clicando aqui.

 

Estão previstos recursos de auxílio digital e tecnologia assistiva para discentes com deficiências?

Sim, está previsto auxílio específico. As inscrições para o processo de seleção estão abertas de 7 a 14 de agosto de 2020. Para conferir todas as informações referentes ao edital, clique aqui.

 

Como será a avaliação de aprendizagem dos discentes no período?

Haverá no mínimo duas avaliações por disciplina no período. Os formatos serão definidos pelos professores responsáveis pelas disciplinas e apresentados no Plano de Curso do componente curricular.

 

Será possível apresentar o Trabalho de Conclusão de Curso durante o período dos ECE?

Sim. A qualquer momento do período, considerando o aval do orientador do estudante e do colegiado do curso.

 

Como e por quais meios serão ministradas as aulas online?

A oferta de atividades síncronas (comunicação simultânea entre professor e aluno) deve computar de 25 a 50% da carga horária total, sendo complementada com atividades assíncronas (sem interação simultânea) variadas.

A UFRRJ dará suporte à utilização de plataformas de webconferência para as atividades síncronas (RNP e Jitsi), e para as atividades assíncronas no Ambiente Virtual de Aprendizagem do SIGAA, preferencialmente, e do Moodle como ferramentas de apoio as atividades acadêmicas. É facultado o uso de outras ferramentas para complementação, por escolha do docente (ciente da impossibilidade de suporte técnico da UFRRJ), desde que resguardados o acesso e a acessibilidade dos alunos.

 

Há uma carga horária máxima de atividades a ser realizada pelo aluno?

Para maior aproveitamento no rendimento escolar, recomenda-se que o discente se matricule em no máximo cinco componentes curriculares ou carga horária semanal máxima de 20 horas, com exceção aos discentes formandos, que poderão se matricular em até oito componentes curriculares.

 

Como ficam as aulas no Colégio Técnico (Ctur)?

Colégio Técnico (Ctur) construirá modelos próprios de ECEs, considerando as especificidades dos cursos e dos discentes, com base em levantamento realizado pela direção e pelas coordenações de curso. Para conferir informações sobre auxílio financeiro de inclusão digital, clique aqui.

 

Como ficam as aulas na Pós-Graduação?

Nos Programas de Pós-Graduação da UFRRJ, stricto latu sensu, o ensino remoto será regido pelas normativas aprovadas pela Deliberação Nº 40, de 09 de junho de 2020, do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) da UFRRJ, nos termos do seu Anexo I – Normativas para ensino remoto emergencial no âmbito dos programas de pós-graduação da UFRRJ, durante a suspensão das atividades letivas presenciais em virtude da pandemia de Covid-19.

 

Para alunos formandos que precisam fazer Estágios Curriculares Obrigatórios Supervisionados, como será realizada a atividade?

A realização de estágio durante período excepcional e as decisões sobre o percentual de horas válidas a serem realizadas pelos formandos, e suas modalidades, serão deliberadas pelos colegiados de cursos, a partir de encaminhamentos de análises feitas por seus Núcleos Docentes Estruturante e Comissão de Estágio, considerando as possibilidades de desenvolvimento profissional e a adequação ao PPC do curso.

O capítulo VIII da Deliberação sobre os ECE versa especificamente sobre aa construção dos documentos sobre Estágio.

 

Como fica a situação da matrícula dos estudantes que não optarem pelo ensino emergencial?

Os discentes permanecem com matrícula ativa até que retorne o período letivo que havia sido suspenso (2020.1).

 

Outras dúvidas

A Prograd recomenda que os estudantes com dúvidas adicionais entrem em contato com a coordenação do curso.

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progep), com base no comunicado 4 da Administração Central com “orientações complementares para os setores administrativos e acadêmicos”, publicado em 16 de março, elaborou orientações para o funcionamento dos setores administrativos da Progep:

  1. Não haverá atendimento presencial ao público;
  2. Veja o guia preparado pelos diversos setores da Progep com respostas a perguntas de como proceder para realizar diversas ações. Clique aqui:  Perguntas e respostas sobre o funcionamento da Progep
  3. As distribuições de Próprios Nacionais Residenciais (PNR) estão temporariamente suspensas;
  4. O atendimento será realizado remotamente, por meio do SIPAC e/ou email dos respectivos setores, conforme especificado abaixo:

 

Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP) – Encaminhar email para progep@ufrrj.br com cópia para cedidos.ufrrj@gmail.com

 

Núcleo de Legislação e Normas de Pessoal (NULEP) – nulep@ufrrj.br

 

Coordenação de Admissão e Acompanhamento Funcional (COAAF) – coap@ufrrj.br

 

Coordenação de Atenção à Saúde e Segurança do Trabalho (CASST) – casst-progep@ufrrj.br

 

Coordenação de Desenvolvimento de Pessoas (CODEP) – codep@ufrrj.br

 

Departamento de Administração e Gestão de Pessoas (DAGP) – dagp-progep@ufrrj.br

 

Recepção do DAGP – converse.ufrrj.br, no canal #dagp

 

Coordenação de Cadastro (servidores ativos) – cocad-progep@ufrrj.br e solicitações eletrônicas no SIGRH

 

Coordenação de Aposentadorias e Pensões (aposentados, pensionistas e auxílio funeral) – coapen-progep@ufrrj.br e solicitações eletrônicas no SIGRH

 

Coordenação de Folha de Pagamento (servidores ativos) – copag-progep@ufrrj.br e solicitações eletrônicas no SIGRH

 

Coordenação de Distribuição de Próprios Nacionais Residenciais – cpdr@ufrrj.br

 

Esses são os canais eficazes de comunicação com o público interno e externo, e estão sendo estabelecidos como medida de redução da circulação de pessoas nas dependências da UFRRJ e restrição do contato entre servidores e público.

Pedidos de informação ou dúvidas sobre processos  podem ser encaminhados para o Setor de Protocolo Geral pelos seguintes canais:

1 – E-mail: protocolo@ufrrj.br

2 – Atendimento on-line por meio da plataforma converse.ufrrj.br no canal #protocolo_sapg

Se você é candidato ou gostaria de se informar sobre os concursos que foram suspensos por conta da pandemia do coronavírus, entre em contato pelos seguintes e-mails:

Para concursos de cargos técnicos-administrativos: concursos@ufrrj.br

Para concursos de docência: progep@ufrrj.br

Vídeos

Conheça o que a comunidade da UFRRJ está produzindo em pesquisa e conhecimento nesse período de isolamento social imposto pela pandemia do coronavírus.

Para onde voltar…
Aprenda a preparar coulis de morango com pitanga
Aprenda a preparar bruschetta com azeite de coentro

Podcast

Nesta seção, docentes e alunos da UFRRJ gravam podcasts (pequenos áudios) para você ouvir e baixar. São temas relacionados à pesquisa sobre Covid-19 ou sobre assuntos que vão ajudá-lo a passar por essa fase de isolamento social com mais serenidade.

Mensalidade escolar em tempos de pandemia
Direito de visitação em tempos de coronavírus
Regulação das emoções em tempos de pandemia – 02

Iniciativas UFRRJ

A Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro possui várias frentes de trabalho, com ações voltadas para o combate à pandemia e o auxílio da comunidade neste período de incertezas. Veja aqui algumas delas.

O projeto ‘Ações de educação popular em saúde em período de pandemia pela Covid-19’, cadastrado na Pró-reitoria de Extensão (Proext/UFRRJ), promove ações para o combate às fake news (notícias falsas) sobre a doença.

Os  coordenadores do projeto são os professores do Instituto de Veterinária (IV), Tiago Marques, Carlos Alexandre Matias e Isabele Angelo. Eles orientam os 59 residentes dos Programas de Residência Profissional na Área da Saúde – Medicina Veterinária da UFRRJ que estão participando da iniciativa.

Página do projeto no Instagram: @residencia.iv.ufrrj 

Para saber mais,  acesse: http://coronavirus.ufrrj.br/residentes-em-medicina-veterinaria-combatem-noticias-falsas-sobre-covid-19/

A iniciativa de produção de álcool em gel 70% e de sabonete líquido é coordenada pelas docentes do curso de Farmácia da UFRRJ, Jaqueline Rocha Borges dos Santos e Luciana Macedo Brito.

A manipulação dos produtos acontece no laboratório do Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde (ICBS/UFRRJ).

O trabalho das professoras recebe apoio do PET Saúde Interprofissionalidade da UFRRJ; e tem auxílio financeiro da Associação de Docentes da UFRRJ (Adur) e da Pró-Reitoria de Extensão (Proext), por meio da chamada pública “Programa de Ações Estratégicas de Enfrentamento da Pandemia Covid-19”.

O projeto aprovado na Proext chama-se “Articulação de saberes ao desenvolvimento de ações educativas, de lazer, para acolhimento e conhecimento sobre a pandemia de COVID-19 causada por SARS-CoV-2 à comunidade acadêmica e à população da Baixada Fluminense”, também chamado de “Frente Única da UFRRJ contra o coronavírus”.

A iniciativa Comunicação e Alimentação é uma ação do Projeto de Extensão Comunicação e Conscientização que, neste período da Covid-19, passou a construir também a Brigada de Comunicação Popular do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) no Rio de Janeiro. Nesse sentido, essa ação articulada entre a UFRRJ e o MPA tem o objetivo de reunir e divulgar informações sobre sistemas populares de abastecimento de alimentos em meio à pandemia do novo coronavírus.

Produzimos boletins semanais sobre ações de comercialização e de doação de alimentos provenientes da agricultura familiar e camponesa da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, divulgando informações sobre como participar e contribuir com estas iniciativas.

Equipe de trabalho: 

Bruna Távora | Professora de Jornalismo da UFRRJ e Coletivo de Comunicação do MPA

Cristina Flores | Coletivo de Comunicação do MPA

Cecília Figueiredo | Professora de Jornalismo da UFRRJ

Thallys Braga | Bolsista Biext e aluno do curso de Jornalismo da UFRRJ

Isabela dos Santos Barros | Aluna do curso de Jornalismo da UFRRJ

Victória Santana | Aluna do curso de Jornalismo da UFRRJ

Especialista em Ciência e Tecnologia de Alimentos, a professora Elga Batista da Silva, do Departamento de Economia Doméstica e Hotelaria/ICSA, ensina a preparar receitas nutritivas com aproveitamento integral dos alimentos e outras estratégias para promover uma alimentação mais equilibrada.

O projeto integra a Frente Única de Combate ao Coronavírus da UFRRJ e os vídeos podem ser assistidos no canal oficial da Universidade no YouTube.

Em um cenário de desinformação e fake news, ganham força nas universidades públicas iniciativas voltadas à popularização da ciência. É neste contexto que atua o grupo de trabalho História & Saúde, formado por professores e estudantes do Instituto Multidisciplinar (IM), câmpus Nova Iguaçu da UFRRJ.

“O grupo produz material educativo articulando o conhecimento histórico sobre as doenças e as epidemias ao longo do tempo, visando conscientizar em relação aos cuidados com a saúde, a prevenção às doenças, a valorização da ciência e as  fontes de informação seguras”, explica Mônica Martins, professora do Departamento de História do IM/UFRRJ e coordenadora do projeto.

A proposta dos pesquisadores inclui a publicação diária de cards nas redes sociais. “As informações são divulgadas de forma didática e de fácil compreensão para as pessoas de várias faixas etárias e níveis de conhecimento”, afirma a docente. A diagramação do material é realizada pela designer Juliana Affonso, técnica-administrativa da Universidade.

O projeto integra a Frente Única de Combate ao Coronavírus da UFRRJ, que desenvolve ações em múltiplas áreas durante o período da pandemia de Covid-19. A equipe do História & Saúde é composta pelos docentes Mônica Martins (DH/IM), Marcelo Berriel (DH/IM), Elis Regina Barbosa (DAT/IM), Pedro Parga (PNPD/PPHR), Luis Guilherme Kalil (DH/IM), Raquel Anne Assis (DH/IM) e pelos estudantes de pós-graduação e de graduação Fabiane Lima (PPGPACS), Edite Moraes (PPHR), Marina Soares (PPHR) e Lucas Amaral (História/IM).

“O acesso à alimentação adequada em tempos de pandemia da Covid-19. Levantamento e Monitoramento das políticas e ações sociais na Baixada Fluminense” é uma iniciativa do Observatório de Direitos Humanos do Instituto Multidisciplinar (IM), inscrito no “Programa de Ações estratégicas de enfrentamento da pandemia Covid-19”. O projeto envolve a comunidade discente do IM e o público em geral da Baixada Fluminense, de modo a garantir informações fidedignas e oportunas no momento de crise.

O projeto é coordenado pela professora do Departamento de Ciências Jurídicas Débora Roland,  que também lidera o Observatório.

O Programa de Ações estratégicas de enfrentamento da pandemia Covid-19 foi lançado pela Pró-Reitoria de Extensão em 6/4/2020.

 

O Projeto “Articulação de saberes ao desenvolvimento de ações educativas, de lazer, para acolhimento e conhecimento sobre a pandemia de COVID-19 causada por SARS-CoV-2 à comunidade acadêmica e à população da Baixada Fluminense” nasceu a partir da iniciativa do PET Saúde-Interprofissionalidade, que vinha desenvolvendo materiais informativos especialmente sobre a área de atuação (saúde) desde o começo da pandemia e a suspensão das aulas na UFRRJ. O convite do PET foi divulgado pela Coordenadoria de Comunicação Social (CCS) nas redes sociais.

Com objetivo de desenvolver e distribuir informações importantes no contexto, a partir de 25/3, professores, técnicos e estudantes de várias áreas formaram um grupo chamado “Frente Única contra o Coronavírus na UFRRJ”. Cada subgrupo, em sua área de atuação, começou a produzir materiais de educação, orientação, monitoramento e divulgação científica sobre alimentação, cuidados com saúde, trabalho remoto, lazer, cuidados com o ambiente, cultura, história etc. com publicação em canais próprios e/ou nos administrados pela CCS.  Com a chamada pública da Proext  para o“Programa de Ações Estratégicas de Enfrentamento da Pandemia COVID-19”, a Frente Única teve o projeto aprovado e foi registrado institucionalmente.

Os eixos são: Comunicação, Saúde, Cultura e meio ambiente, História,  Ciências Econômicas e Sociais e Tecnologias.  Os coordenadores são: Alessandra P. de Carvalho (ICHS), Elga Batista da Silva (ICSA), Jaqueline Rocha Borges dos Santos (ICBS), José Cláudio Souza Alves (ICHS), Mônica Martins (IM)  Sérgio Manuel Serra da Cruz (ICE), Vanessa Maria Basso (IF), e Vânia Madeira Nunes Policarpo (CAIC).

O Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) do curso de Direito da UFRRJ, câmpus Seropédica, oferece serviço de consultoria jurídica online para a comunidade acadêmica e sociedade civil. Dúvidas relacionadas ao cumprimento de obrigações como pagamento de mensalidades, aluguel, energia elétrica, entre outras, podem ser enviadas ao e-mail praticajuridica.ufrrj@gmail.com. Quem preferir pode acessar as redes sociais do NPJ:

Facebook: Núcleo de Prática Jurídica – UFRRJ

Instagram: @npjrural

Coordenado pela professora Gabriela Quinhones de Souza, o Núcleo tem sede no bairro Ecologia (Alameda Prof. Wandemar Raythe, nº 02), em Seropédica.

Esta iniciativa foi noticiada em nosso portal em 31/3/2020 http://portal.ufrrj.br/nucleo-de-pratica-juridica-oferece-consultoria-remota-a-comunidade/

A Escola de Extensão é uma iniciativa da Proext e tem como principal objetivo oferecer cursos à comunidade, ampliando a troca de saberes dentro da Universidade, além de levar conhecimento do que se produz internamente ao público externo, fora do ambiente acadêmico. A Escola promete facilitar e ampliar o acesso de todos aos cursos de extensão oferecidos pela UFRRJ, nas mais variadas áreas, fortalecendo a propagação da produção universitária.

Para saber mais sobre os cursos da Escola clique aqui.

Você pode entrar em contato com a Escola de Extensão através do e-mail (eext@ufrrj.br). E para saber todas as novidades de cursos e horários, siga a escola no Facebook  (clique aqui).

O projeto “A Rural está com você” divulgará, por meio de vídeos, os conhecimentos produzidos na Universidade e aplicáveis no cotidiano dos cidadãos durante a pandemia. Os primeiros vídeos mostraram, por exemplo, como fazer sabão caseiro com óleo de cozinha usado, e orientações jurídicas para questões surgidas durante o isolamento social.

Os vídeos produzidos são avaliados pelo grupo que coordena o projeto e publicados pela equipe da Coordenadoria de Comunicação Social no canal do YouTube: https://www.youtube.com/user/universidaderural

Os professores da Universidade interessados em participar do projeto precisam entrar em contato pelo e-mail ruralcomvoce@gmail.com para obter mais informações.

O participante do projeto deverá produzir vídeos de no máximo 3 min. Basicamente, no vídeo ele deve: se apresentar dizendo nome e cargo; apresentar sua pesquisa e/ou algum benefício dela; além de ter atenção com o ambiente onde gravará (luz e som) e colocar o enquadramento na horizontal.

Em caso de dúvidas, entre em contato pelo e-mail: ruralcomvoce@gmail.com para receber outras orientações em relação à construção do roteiro (ordem das informações do vídeo) e à captação do áudio/som.

Os vídeos produzidos no projeto estão disponíveis nas páginas oficiais da Rural no Facebook e no Instagram, além disso também foi criada uma playlist exclusiva no canal oficial da UFRRJ no YouTube para agrupar os conteúdos.

Fale Conosco

    Skip to content